Apresentação pessoal & Processo terapêutico com o uso das essências florais -Terapia Floral.

Atualizado: 21 de nov. de 2020



Olá! Tudo bem com você?

Meu nome é Renata Ribeiro, sou Terapeuta Floral formada pelo Espaço Psiquismo, Niterói - RJ e com formação em Psicologia pela FAMATH, Niterói – RJ. Pós Graduação em Clínica Fenomenologia Existencial - USU (em andamento) em que me especializo em Morte & Luto. Trabalho com outras terapias complementares, como por exemplo, Reiki, Radiestesia e Auriculoterapia. Nas minhas redes sociais, mantenho o foco na Terapia Floral, por ser um conteúdo mais amplo e com mais possibilidades de divulgação.


Por causa da pandemia, o atendimento da Terapia Floral tem sido mais frequente na modalidade online. Após o agendamento, a terapia é realizada através da chamada de vídeo por Hangouts, Skype, Google Meet ou Whatsapp com duração de 1 hora.


Como funciona? Bora falar sobre isso...


A Terapia Floral consiste em encontros online semanais ou quinzenais, com escuta terapêutica qualificada, em que o indivíduo abordará sua queixa principal e diversas questões que, lhe causam incômodo e desarmonizam seu emocional. Qualquer assunto poderá ser abordado na Terapia Floral. Com base nessa escuta, o terapeuta floral faz a indicação terapêutica das essências florais, que será enviada pelo (a) cliente, para uma farmácia de manipulação e receberá na sua casa.


Insta dizer, que a pessoa em tratamento terapêutico com as essências florais, deverá atentar a frequência de uso de cada vidrinho recebido e tomar certinho conforme indicado. Também deverá dar continuidade aos atendimentos, com a finalidade de elaborar suas questões aos poucos.


Com o auxilio do terapeuta, durante as sessões de terapia, a pessoa conseguirá entender a mobilização das essências florais no seu campo de consciência. Isso poderá ocorrer, através de insights, nos sonhos, na fala, nas lembranças, etc, em que, nesse processo de autoconhecimento e desenvolvimento pessoal, as emoções estão se harmonizando. É através desse processo terapêutico de costura fina e com muita paciência e acompanhamento durante o percurso, que doenças psicossomáticas tendem a reduzir, ou até mesmo desaparecer.


Lembrando que, a Terapia Floral é uma PIC (Práticas Integrativas e Complementares). Isto quer dizer, que compõe um sistema e recurso terapêutico de modo natural, com a finalidade de prevenir doenças, com ênfase na escuta acolhedora, no desenvolvimento do vínculo terapêutico e na integração do ser humano com o meio ambiente e sociedade. Esse foco da prevenção de doenças é fundamental e está ligado ao autocuidado.


Mas o que isso quer dizer?


Por ser uma terapia complementar, a Terapia Floral deverá ser realizada em conjunto com outros tratamentos, por exemplo, atendimento médico especializado, psicoterapia (terapia com psicólogo), acompanhamento nutricional, exercícios físicos, dentre outros tratamentos.

A Terapia Floral não substitui outros tratamentos e muito menos medicações, caso o indivíduo faça uso de algum medicamento. Ela é uma prática complementar de saúde, ou seja, ela complementa outros tratamentos que a pessoa já faz uso. Esse modo de trabalho é fantástico, principalmente se esses profissionais dialogarem entre si, o que configura a interdisciplinaridade no trabalho com o indivíduo.

Muitas pessoas confundem as essências florais, como algo a ser prescrito e que ao tomar essas essências, um determinado sintoma ou doença irá desaparecer.

Como se as essências fossem medicação alopática. Não é!

Infelizmente esse conceito naturalizado, vem da medicalização da vida, em que as pessoas se acostumaram com o imediato. Não importa tratar a causa, mas sim fazer desaparecer o sintoma. É a tecnificação da vida!

Não busquem Terapia Floral com essa intenção. Se algum terapeuta te atender nessa proposta, pode ter certeza que, esse profissional não está agindo corretamente.


A Terapia Floral é justamente o contrário disso.

Ela vai tratar a causa e não o sintoma!

Ela vai tratar o sujeito e não a doença!

Ela é um processo terapêutico realizado através de várias sessões, por semanas/meses e não 1 única "consulta" em que, "rola uma prescrição." Só quem prescreve é médico!


Vamos parar de medicalizar a Terapia Floral? Vamos parar de patologizar tudo?

Vamos parar de dizer que, isso ou aquilo não é normal?


Dr. Bach - médico, inglês e fundador das essências florais (Sistema de Bach) - tinha a seguinte filosofia: ele dizia que, a doença é um mensageiro de lição quando ocorre um conflito entre a personalidade e a alma. Quando ambos entram em desarmonia, surge a doença, que aparece justamente para nos ensinar o caminho correto da nossa missão existencial - nossa missão de alma. No processo terapêutico com as essências florais, ocorre o fenômeno da harmonização entre a alma e a personalidade, em que, há a possibilidade da doença ou sintoma reduzir, ter controle, não evoluir, ou até mesmo desaparecer. Isso é muito diferente de tomar um floral, que fará a doença ou sintoma desaparecer de imediato, né mesmo?


* Lembrando que as essências florais são 100% naturais e qualquer pessoa pode fazer uso.(gestantes, bebês, crianças, adolescentes, adultos, idosos e até pets).


Agora você já me conhece e já sabe como funciona a Terapia Floral, acesse as minhas redes sociais, para conhecer mais sobre o meu trabalho e entender diversos temas terapêuticos.


Por lá, eu publico todos os dias temas diferentes e de infinitas possibilidades, que ajudam a entender melhor esse universo que existe dentro de nós e as práticas terapêuticas, principalmente florais. Cuide de si! Faça Terapia!


@renata.ribeiro.terapias

Seja bem vindo (a)!


Com carinho e empatia a você.

Att. Renata Ribeiro.


#terapiaonlineniteroi#terapiafloralonlineniteroi#terapeutafloralonlineniteroi#terapiafloral

35 visualizações0 comentário